Casamento para Divorciados na Igreja Católica




Muitas noivas e noivos sonham em se casar na Igreja Católica, porém seus futuros maridos e esposas já passaram por uma celebração na Igreja e são divorciados. O que antes era um impeditivo agora pode não mais ser. O Papa Francisco facilitou e muito o processo de Nulidade Matrimonial, enchendo de esperança casais que desejam subir ao Altar e receber a benção de um Padre.

Vale destacar que para a Igreja Católica o casamento é um Sacramento e desta forma é indissolúvel, porém, em algumas circunstâncias, o casamento pode ser considerado nulo, abrindo às portas para uma nova união. Este processo é conduzido pelos Tribunais Eclesiásticos, onde a Igreja avalia se o casamento pode ou não ser considerado válido.

O Antes e o Depois das Mudanças do Papa Francisco

Como era

Dioceses cobravam para fazer o procedimento, que podia chegar a R$ 8.000
O processo tinha de ser julgado duas vezes por um tribunal eclesiástico da diocese
A tramitação não tinha um tempo determinado e podia durar anos
O processo precisava ser avaliado por uma corte com três religiosos

Como ficou

Os casais devem pagar uma taxa administrativa, negociada com a diocese
Se há evidências de nulidade, o processo pode ser decidido pelo próprio bispo da diocese; julgamentos só vão a uma segunda instância em caso de recurso de uma das partes
A resposta pode demorar em torno de oito meses, caso as evidências de nulidade sejam fortes e se ninguém se opuser à decisão
Nos casos mais simples o próprio bispo local poderá decidir pela nulidade

E como dar entrada:

A parte interessada na Nulidade do Casamento deve procurar o tribunal Eclsiástico que atenda a sua região. Lá, será orientada a preencher a documentação, que inclui um relato detalhado de todo o processo de união desde o namoro, passando pelo noivado, casamento e como foi o divórcio. Deverá ainda levar as certidões do casamento e do divórcio averbado, documentos de identificação e fornecer 5 testemunhas, que poderão ser ouvidas.

Aqui no Rio de Janeiro, a Arquiciose fica no seguinte endereço:

Rua Benjamim Constant nº 23, Sala 509 - Glória
20241-150 RIO DE JANEIRO-RJ
E-mail: tribunalrj@arquidiocese.org.br
Telefone: (21) 3852-1794/2292-3132 Ramal 330/362/363/323
Fax: (21) 2252-0784

Nenhum comentário