Cachorro em Casamento

A cada dia tem sido mais frequente a presença pets, pricipalmente de cães, nos casamentos. Afinal de contas, quem vai dizer que eles não fazem parte da família?
Hoje já é praticamente impossível dizer que é proibido envolver animais no evento, mas vale lembrar sempre que é sim um pouquinho complicado!
Por conta disso, deixo aqui algumas dicas para quem quer envolver seu cachorrinho ou gato no dia da cerimônia e ter registros incríveis do bichinho.

Na Cerimônia

Origem da Foto: Blog Virei Noiva

Bom senso é sempre a palavra!
Caso vá se casar na Igreja, talvez não seja muito adequado, mas caso o Padre e a administração do local concorde, que seja feita a vontade da noiva.

Se você for se casar em um sítio, uma casa de festas menos formal ou mesmo em casa, as coisas ficam bem mais tranquilas.

Independentemente de onde seja realizada a cerimônia, é sempre válido ter alguém para entrar junto com o mascote evitando assim que as coisas fujam do planejado. O ideal é também que o animal já conheça essa pessoa que vai entrar com ele, para lhe dar mais segurança.

Lembre-se sempre que é um ambiente novo, com muita gente, luzes e música e que o pet pode ficar assustado.
E, imprevistos podem sim acontecer, como ele não querer entrar ou acabar fazendo xixi onde não deve.

No ensaio logo após a cerimônia

Origem da Foto: Ivanilde Reis Cerimonial


Caso não seja possível envolver seu "filhote" na cerimônia, outra opção seria levá-lo ao local onde serão realizadas as fotos do casal logo após o rito aproveitando o momento com ele e o registrando com vocês pela primeira vez casados.

Durante o Making Of

Caso você opte por se arrumar em casa ou em um hotel pet friendly, seu dog é bem vindo durante o making of e nas fotos antes de partir pra cerimônia.

Importante em todos os casos:

Tenha uma pessoa de confiança para cuidar do bichinho durante esse dia especial. Independentemente de como será a participação dele no dia, ele precisa ser levado logo após para um lugar seguro.

Nenhum comentário