Casando na Crise

quinta-feira, 29 de outubro de 2015




A mudança de consumo do brasileiro nos últimos meses chegou a todos os segmentos e é claro que o das festas foi bastante afetado. Sim, todos estamos com medo da crise e da insegurança econômica!
Mas sabemos, o Brasileiro é um povo que gosta MUITO de comemorar.
E aí? Faz como?
Não casa?
Ou casa assim mesmo?
Logicamente somos a favor do "casa assim mesmo"!
Se pararmos pra pensar, bem antes do Real entrar em vigor, a situação econômica do país era assustadora como agora.
Muito provavelmente nossos pais ou tios casaram nesta insegurança. Logicamente, havia quem podia comemorar com luxo e ostentação, mas a classe média fazia o que podia, e vamos combinar que, em uma Era sem quase informação.
Não tinha internet!
A organização era familiar. Muitas festas aconteciam na sala de casa ou era um "bolinho no salão da Igreja". Minhas tias casaram assim, eu me lembro bem. Meus pais também não tiveram a oportunidade de ter festa.
A grande verdade é que esse bum das grandes festas surgiu quando a economia se estabilizou e muitos pais puderam dar aos filhos aquilo que não puderam ter. E, claro, inúmeros casais que haviam apenas "assinado um papel no cartório" puderam realizar o sonho de celebrar como mereciam.
Eu mesma fiz incontáveis casamentos de gente que estava junto há bem mais que 10 anos e decidiu oficializar a união  naquele momento.
É isso, o brasileiro se vira como pode. Sempre!
E aí, temos você, neste momento, pensativa, querendo casar, mas vendo que os preços estão surreais, que as casas não parcelam mais com tanta facilidade e que no fundo, no fundo, está morrendo de medo de perder seu emprego ou da grana da sua familia não dar... Acertei?
Pois é, assim como você, muita gente está apavorada e, nesse mar de insegurança, a grande tendência é fazer casamentos pequenos. Sim, os mini weddings, que há anos eram referência de elegância para um seleto grupo de convidados, tornou-se a solução para casar sem que "passe em branco".
Plays, Quintal de Casa, Casa de Praia, Sítio, Terraço do Prédio, Salão da Igreja, Restaurantes, qualquer lugar pode-se tornar o cenário da sua celebração, basta boa-vontade e criatividade.
Pensando nisso, vou ajudar vocês a organizar um casamento econômico. Fiquem ligados nos próximos posts, vou dar dicas e exemplos e o seu casamento não será em branco.

Vamos nessa? ;)


Cerimônia Íntima, com apenas família ao redor


Read more...

O Casamento da Cerimonialista - Fernanda e Nelson - Restaurante Velero

domingo, 25 de outubro de 2015


Quando uma cerimonialista e um DJ anunciam que vão casar, um mundo de expectativas cria-se. Afinal de contas, ela conduz tantos e tantos sonhos e ele anima tantas e tantas festas, que a "humanidade" passa a acreditar que a festa de ambos deve ser a do século.
Pois é, mas nós fomos a exceção e por sermos absolutamente reservados, optamos por algo muito simples e discreto para nosso dia.
Nossa primeira decisão foi a de que não queríamos festa. Queríamos apenas uma cerimônia especial, com uma benção, seguida de um jantar para nossa família e amigos mais próximos.
Sim, faríamos um mini wedding, como tantos que produzi com o maior carinho do mundo.

Nós mesmos fizemos nossos convites. Como tantas clientes minhas acabaram optando por fazer, nós criamos a arte, compramos os papéis e envelopes e imprimimos em um Bureau de Impressão.
Ficou simples e moderno, como queríamos.



Eu escolhi me arrumar na casa da minha mãe. Nada de hotel, nada de lugar extra diferente.
Eu queria aconchego da casa em que fui criada e queria estar próxima do meu cachorro, o Evaristo, um Schnauzer de 10 anos, que não poderia estar na festa, mas que eu gostaria que estivesse comigo durante esse dia.


A Alessandra Menezes foi a escolhida para a minha produção do dia. Foi uma escolha muito acertada, como todas as outras, ela é calma, atenciosa e muito talentosa. Minha maquiagem ficou incrível. Do jeito que eu queria mesmo, e super combinando com a proposta do nosso evento.



Olha o Evaristo aí... Tava sério.. hahahah
Talvez um pouco chateado de ter que ficar em casa. :(


Meu vestido foi clean e elegante. Queria algo sem exageros, que combinasse com o local e o estilo de recepção que optamos por fazer. Escolhi a Diana, do Atelier Ana Di, para esta missão e fiquei muito feliz com o resultado.



O Nelson também se arrumou na casa da minha mãe, mas nós não nos vimos antes da cerimônia.
Esse aí é meu avô, que também estava por lá.
É muito gostoso poder passar esses momentos em família. :)


O Velero foi o restaurante que escolhemos para a nossa celebração. 
Fica na Barra, na Avenida do Pepê, e pertence ao Hotel Praia Linda.
Excelente escolha. Nossos convidados amaram tudo o que foi servido e o ambiente é lindo!



Optei por uma decoração bastante neutra. O local, por si só, já é lindo, com inspiração náutica e  predominância dos tons de branco, azul, bege e madeira. 
Quis aproveitar essas cores e levar um pouco de lilás, roxo, amarelo e verde, que casaram muito bem com a decoração do espaço.
Os arranjos florais foram produzidos pelo Germano Elias, que fez também meu buquê.
Comprei os jogos americanos azuis, com estampas variadas em azul marinho e branco e também os guardanapos azuis marinho. 
Para quebrar a monotonia das cores, optei por porta-guardanapos em cetim Champagne e Cappuccino, que fizeram um contraste bastante interessante em cima do azul. 
Eles foram inspirados (digo, copiados) do casamento da Gabriella, que fizemos ano passado, na Santa Ignez, 
A Raquel e a Patrícia, que estão comigo sempre nos eventos ficaram responsáveis pela montagem da decor, elas super deram conta do recado. O resultado foi o melhor possível!





Nosso bolo, de dois andares, estava delicioso e foi produzido pela Eliane Sampaio. Contratamos um bolo de 40 fatias apenas, já que só tínhamos 50 convidados e ainda havia sobremesa do buffet e docinhos, do Clube do Docinho. Foram 320 unidades de sabores variados de brigadeiro Gourmet.
Tínhamos ainda bem-casados da Denise Cristina, no sabores de Doce de Leite e Ovos com Damasco. 
Essa parte de cima do bolo está devidamente congelada e será devorada daqui a um ano, seguindo a tradição. Rs.. :)



As corujinhas brancas foram feitas pela Cida Bernardo. Eu sou louca por corujas e elas têm tudo a ver com a gente.



Nossa cerimônia foi celebrada pelo Reverendo Rodrigo Coelho e foi linda, como queríamos. Ao nosso redor, nossos pais, irmãos e um casal de padrinhos nos abençoaram.











E no meio da festa eu troquei de vestido, eu quis ficar mais à vontade para aproveitar o jantar. Amei meu segundo vestido também. Minha mãe comprou na Folic, de presente de aniversário para mim (Fiz aniversário poucos dias depois do casamento).

Esses coraçõezinhos de feltro (fofos toda vida) foram distribuídos às amigas solteiras. 
Optei por não jogar o buquê, mas sim, presentear todas com o desejo sincero de que casem também. Cada um deles tinha uma medalhinha de Santo Antônio costurada.





Tudo isso foi registrado pela minha querida Valéria Simonin, pelo Matheus e pelo Antônio, de sua equipe. Eles foram incansáveis e pacientes. Fizeram um trabalho lindo! Não é à toa que a Valéria está sempre entre minhas indicações de fotografia.
Teve ainda registro em vídeo, do  Márcio, da equipe do Edu Sobreira, outro querido. :D

É isso, esse é o resumo de uma noite muito, muito especial em nossas vidas.
Casar é realmente mágico, independentemente do tamanho da festa e do estilo escolhido. 

Meu conselho para você que ainda não se casou se mantém: faça algo que seja a sua cara e assim suas recordações serão de fato lindas!

Read more...

Casamento Luciana e Tiago - 4 Estações

terça-feira, 20 de outubro de 2015

A Luciana e o Tiago casaram há pouco mais de dois anos.
Me dei conta que nunca postei as fotos do casamento deles por aqui. :(
Eles escolheram o 4 Estações, na Barra, para realizar a cerimônia e comemorar em seguida. Ficou tudo muito lindo!
A Luciana foi uma noiva absolutamente fofa durante os preparativos e teve uma mãe dedicada e participativa. Fizemos um projeto de decoração muito delicado para o espaço e cuidamos ainda do cerimonial do dia.
Usamos muitos vidrinhos de geleia, palmito e etc... além de velinhas fofas, com vidros revestidos de renda, produzidos pela própria mãe.
Flores brancas, juta e voil ainda completaram o ambiente.
A cerimônia foi celebrada pelo meu querido Rodrigo Coelho. Foi perfeita.
Sou suspeita, gosto muito de trabalhar no 4 Estações, e esse foi um dos casamentos que mais gostei do resultado. Clean, elegante e fofo ao mesmo tempo. :)

Fiquem com as fotos:


















Read more...

Casamento Analu e Lud - Bar do Terraço - Caiçaras - Set15

domingo, 18 de outubro de 2015

Há alguns meses, essas duas meninas surgiram por indicação da prima da Lud, que havíamos feito o casamento há quase cinco anos.
A proposta era simples: elas queriam um casamento para cerca de 100 convidados, uma festa bem animada, com uma decoração bem básica, para realçar a beleza do local.
Elas haviam escolhido o bar do terraço, no Clube Caiçaras.
O espaço é lindo, com uma vista perfeita para a lagoa.
A ideia era aproveitar todo o mobiliário do local e entrar com flores, velas e alguns detalhes.
Assim o fizemos.
Trabalhamos nos tons de amarelo e azul, cores preferidas das noivas e eu gostei do resultado.
Sendo simples, conseguimos que o visual do local fosse o destaque a quem chegou naquela bela tarde de sábado.
Cuidamos também, além da decoração, do cerimonial do dia. :)
A cerimônia foi celebrada pela juíza Sônia do Catete e foi muito emocionante. Os votos que as duas escreveram fizeram todos chorarem (inclusive eu).
Festa animada, gente feliz, noite memorável.
Só temos um desejo: que Analu e Lud sejam absurdamente felizes!













Read more...

Casamento Prático - Assessoria, Decoração, Planejamento de Eventos e Cerimonial de Fernanda Vianna Copyright © 2011 - Todos os Direitos Reservados